Comece a criar o seu logótipo

Os 10 Melhores Logs de Comidas & Bebidas e Como Criar o Seu

Publicado: 14/07/2020

Do Chef Boyardee ao Whole Foods, todo mundo na área de comes e bebes necessita de um logo. Seja um mascot em desenho para encantar as crianças ou uma piada com comida para agradar os adultos, logos para comidas e bebidas tem o poder de causar uma boa impressão, aumentar o reconhecimento de sua marca e ate deixar as pessoas com um pouco de fome!

Mesmo que voce seja mais uma “Little Debbie” do que uma “Famous Amos,” voce ainda pode possuir um logo top de linha que caiba no seu orçamento. Neste guia nos vamos analisar dez dos melhores logos de comidas e bebidas e listar algumas dicas praticas para que voce possa desenvolver um logo de comidas e bebidas com qualidade. 


 
Os10 Melhores Logos de Comida & Bebida


 
Ande pelos corredores de qualquer supermercado e voce vera dezenas de logos únicos – mas alguns são melhores do que os outros. Abaixo nos selecionamos dez dos melhores logos de comida e bebida e explicamos porque eles são tão bons, para que você saiba o que ter em mente ao criar o seu.


Whole Foods Market

 


Apesar do logo do Whole Foods não ser um logo típico da indústria de comes e bebes, é um logo bem feito, então, um bom lugar para começarmos. A ênfase principal é na tipografia e no jeito que as palavras “whole foods” aparecem. A única imagem no logo e uma fruta na letra “O”, mas isso funciona como uma vantagem porque provoca que demos mais atenção à ela. Em um logo mais carregado, transformar a letra “O” em uma fruta poderia ter passado despercebido, mas aqui ela é um ponto central.

A cor verde não é uma escolha comum nessa indústria, porém é uma escolha inteligente para o Whole Foods por causa de sua identidade de marca. O Whole Foods quer que as pessoas associem sua marca com conceitos como “natural,” “fresco,” e “saudável,” e o verde representa isso.


  
Kellogg’s

 


 
Marcas nominativas — logos que são apenas o nome da companhia — são mais encontradas em indústrias mais formais, como finanças ou legal, porque são mais ascéticas. O logo da Kellogg’s quebra essa formalidade com a fonte divertida e alegre. A própria palavra se torna uma imagem.
 
Por o logo ser apenas a palavra, a Kellogg’s foi extremamente cuidadosa ao criar ele. Ao inspecionar de perto nos reparamos nas inconsistências, criadas de propósito, como, os dois Ls que possuem diferentes alturas e os dois Gs que tem a parte de cima diferente. Se você quiser criar o seu logo como uma marca nominativa, você precisa ter atenção aos detalhes para tornam as letras o mais dinâmicas possível para não corer o risco de ter um logo chato. 
 
Voce também pode notar que a cor, um vermelho vibrante, ajuda a manter o logo interessante. Usar cores marcantes é um outro truque de experts para destacar as marcas nominativas.

 

McCormick 

 


 
Famosa por seus temperos, a MCormick  tem uma abordagem diferente de outras marcas de alimentos. Quadrados, linhas retas e fontes serif são elementos usados em áreas mais sérias e não parecem combinar com a indústria alimentícia, mas a McCormick tira vantagem disso.
 
Então como e que o logo funciona?  O truque da McCormick é a sua cor. Para começar, assim como a Kellogg’s, a McCormick faz uso do vermelho vibrante, tornando um logo que seria um pouco duro em um logo divertido. Além do mais, o diferencial nas cores das letras M e C atribui um visual mais artístico.
 
A combinação do M e do C é um ótimo exemplo da importância de se ter criatividade no design de seu logo. A combinação dessas duas letras faz com que o logo seja memorável, mas há mais do que isso, por exemplo, o estilo das letras foi escolhido com cuidado para que o M e o C conectem-se em uma linha reta. Mesmo conectados, as duas letras são separadas por um pequeno espaço, para facilitar a leitura.


 
Dole

 


 


Com a Dole, começamos por reconhecer algumas das características comuns de logos do setor alimentício. A cor vermelha, os detalhes em azul, e a imagem do sol.
 
O logo da Dole é poderoso porque é simples — outra marca nominativa, porém aprimorada com a imagem central de um sol. Os raios do sol agem como linhas que chamam a nossa atenção, uma boa técnica para ser usada em logos. Centralizando o sol em volta do O de Dole é a cobertura do bolo.
 
A parte de baixo azul também e relevante. Azul é útil para acentuar logos da indústria alimentícia porque harmoniza as cores quentes, especialmente o vermelho. O contraste faz com que as cores se complementem — mas apenas uma pequena quantidade, você não quer que as cores compitam uma com a outra.


 
Homespun Chili

 


 
 
Saindo um pouco das marcas de produtos para casa, a Homespun Chili possui um objetivo extra em seu logo: fazer com que as pessoas lembrem de seu nome. Pequenas empresas alimentícias necessitam fazer um esforço extra com seu logo se elas querem se tornam reconhecidas como logos líderes na indústria. 
A Homespun Chili utiliza tendências comuns como imagens de comida e a cor vermelha, porém o faz de uma maneira moderna com uma espiral para ser mais memorável. As espirais e curvas são algumas das imagens mais fáceis de se brincar em seu logo, então esse logo apresenta a companhia como amigável e convidativa. 


 
Swirl

 


 
O logo da Swirl logo demonstra que é possível se utilizar de estilos alternativos para logos de comida, até mesmo estilos minimalistas. As vezes vale a pena para conseguir destaque, e o que a Swirl faz. 
 
O logo mantém algumas das tendências da indústria, mas com uma reviravolta. Por exemplo, eles possuem uma imagem de comida, mas em um estilo original. Você também pode notar que eles favorecem o rosa em vez do vermelho dos outros logos. O rosa também possui os benefícios chamativos que o vermelho, é a Proxima cor na tabela de cores.


 
Chiquita

 


 
A Chiquita introduz o conceito de mascotes a nossa lista. A “Miss Chiquita,” como e oficialmente chamada, foi criada pelo cartunista famoso Dik Browne, criador das tirinhas de jornal “Hagar O Terrível” e “Hi e Lois,” e foi inspirado na cantora e dançarina Carmen Miranda. Sua cultura tropical complementa o carro-chefe da Chiquita, bananas.
 
Perceba como os adesivos da Chiquita são tão pequenos e a personagem foi desenhada muito simplesticamente, para facilitar a visibilidade. Essa e uma boa lição: sempre mantenha em mente onde você vai utilizer o seu logo.
 
Outra tática interessante é o uso do azul. Tipicamente o azul é utilizado como uma cor secundaria ou para dar destaque, mas a Chiquita tem uma carta na manga — eles sabem que esses adesivos vai ser colados em bananas amarelo brilhantes, que combina perfeitamente com o azul escuro. Quando olhamos para a banana inteira, o adesivo é apenas uma pequena parte dela, fazendo com que o uso do azul seja apenas um detalhe no produto. 


 
Horizon Organic

 


 
A Horizon Organic se especializa em laticínios, então a vaca é um bom mascote. O estilo do desenho faz com que ela seja mais atrativa para crianças, um dos nichos principais para laticínios, especialmente leite. Mesmo que não sejam as crianças que fazem as compras, elas ainda influenciam no poder de decisão. 
 
Como o Whole Foods, a Horizon Organic utiliza o logo para criar associação com os conceitos de marca “saudável” e “natural.” Neste caso eles escolheram o planeta Terra para atingir esse objetivo. 


 
Earthbound Farm

 


 
A Earthbound Farm combina diversas técnicas que nós vimos anteriormente: a cor vermelha, imagens do sol e o verde para conectar com natural e saudável. O uso dessas tendências mostra que os designers da Earthbound Farm criaram esse logo seguindo as normas do livro para obterem um logo eficiente.


 
Betty Crocker

 



No reino de marcas icônicas, o logo da Betty Crocker sobrevive há décadas tendo sofrido apenas umas poucas mudanças. Essa consistência faz maravilhas para o reconhecimento de marca. Consumidores leais precisam apenas olhar para a colher vermelha na caixa.

Apesar da tipografia do logo ter mudado um pouco, a letra cursiva em branco foi sempre mantida, quase que como uma assinatura. Essa é uma ótima escolha para trazer personalidade a marca, especialmente com o nome da empresa sendo o nome de uma pessoa.
 
A colher vermelha está na cara. Uma colher, especialmente uma colher de madeira, é símbolo de cozinhar e possui todos os requisitos para que chefes e cozinheiros favoreçam os produtos da Betty Crocker. E o vermelho, como você já sabe, combina perfeitamente com a indústria alimentícia.


 
Como Criar o Seu Próprio Logo de Comidas & Bebidas 5 Dicas de Experts


 
Baseado no que nos vimos acima, aqui vão 5 dicas para você criar o seu próprio logo de comidas e bebidas. 
 


Vermelho e Outras Cores Quentes


 
Não é nenhuma coincidência que a maioria dos melhores logos de comida usam vermelho. Designers experts sabem que o vermelho provoca fome, provavelmente pela associação com o sangue. Isso explica porque a maioria das maiores marcas do setor alimentício usam vermelho.
 
Vermelho combina bem com cores quentes como amarelo e laranja, que normalmente são utilizadas como cores de detalhes nos logos. Cores quentes tendem a serem mais felizes e mais amigáveis, o que combina com a indústria de comes e bebes, pois em suma, comida deixa as pessoas felizes.
 
O rosa também é bastante usado no branding de comida, mas não alternado. O rosa é uma das melhores escolhas quando o produto é doces e balas (ou sorvete, como a Swirl), pois conecta com juventude, quando essas comidas eram mais relevantes.


 
Comidas Apetitosas no Logo
 


Um dos gols de um logo é comunicar com o que você trabalha instantâneamente através de uma imagem. Tendo isso em mente fica óbvio que é pertinente incluir imagens de comida em seu logo, especialmente quando conectada com o resto da imagem como o Whole Foods. 
 
Já que você está incluindo um alimento em seu logo de qualquer maneira, melhor fazer com que ele seja delicioso. Comidas saborosas não apenas comunicam o que você está oferecendo, mas estimulam as pessoas a quererem prová-la. Comida tem um efeito primitivo em nós, ver uma imagem é o suficiente para nos deixar com água na boca.
 
Claro que existem outros símbolos que também representam comida, como utensílios de cozinha tais como garfos ou a colher de madeira da Betty Crocker, como também plantas das quais frutas e vegetais crescem.

Se seu nicho é comidas saudáveis, como naturais e orgânicas, você terá diversas opções de ícones para escolher. O sol é uma escolha popular porque relaciona com crescimento, saúde e alegria.


 
Referências Culturais para Tipos de Culinárias

 

 Diversas comidas são associadas com cultura e geografia. As vezes é de onde a comida se originou, outras vezes é uma cultura que utiliza esse alimento com frequência. Esse tipo de associações cerebrais são verdadeiras minas de ouro para  design de logos porque eles são atalhos para uma comunicação eficiente.
 
Se a comida que você está vendendo possui raízes culturais, aprenda sobre elas (com respeito, é claro) A Miss Chiquita é um bom exemplo uma vez que seu vestido remete aos trópicos de onde vem as bananas. Você pode ver essa técnica em diversos restaurantes que se focam em um certo tipo de culinária, por exemplo, as caveiras do Dia de Los Muertos para representar cozinha mexicana.
 


Mascotes


  
Todos nos temos nossos mascots de cereal favorito, não temos? Os mascotes encontraram um lar confortável na indústria alimentícia, que é mais informal e divertida que as outras.
 
Os mascotes são atraentes para os públicos mais jovens, que como falamos anteriormente, tem influência nas decisões de compra, mascotes antropomórficos são uma aposta segura.
 
Para os adultos, no entanto, mascotes mais realísticos em logos ajudam a humanizar a marca, dando um rosto a elas, fazendo com que elas sejam mais pessoais. Pense na Betty Crocker ou na Aunt Jemima — as pessoas falam nessas empresas como se elas fossem pessoas reais. 
 


Círculos e Curvas


  
Por último, por a indústria alimentícia ser mais animada e positiva, é bom usar círculos e formas arredondadas. Em termos visuais, curvas fazem com que os olhos se movam, ou “dancem”, enquanto que linhas retas são mais rígidas e sem movimento. As linhas retas funcionam bem para mostrar estabilidade e proficiência, mas para a indústria alimentícia, o tom precisa ser mais leve e divertido.
 
Em logos, círculos são mais comumente usados ao redor do logo, com no do Whole Foods e da Chiquita (e em certo ponto o da Betty Crocker). Molduras circulares são perfeitas se você procura um logo tradicional, mas não funcionam se você busca um logo mais moderno e diferente.
 
Mesmo que você queira se destacar dos demais, você ainda pode usar as curvas em qualquer lugar, seja em imagens como as da Horizon Organic, ou a tipografia como a Swirl. Você ainda pode “suavizar” cantos angulares ao arredondá-los, uma boa técnica de design para fazer com que um logo imponente seja mais amigável. 

 
 
Como Criar um logo de Comida & Bebida


  
Agora que você tem uma ideia de que elementos devem compor um logo eficiente da indústria alimentícia, a questão é: como criar um? Essencialmente você tem duas opções: contratar um designer gráfico ou fazê-lo você mesmo. As duas opções tem suas vantagens e desvantagens, vamos explorá-las individualmente.
 

 

Contratar um Designer

 

Designers profissionais conhecem todas as dicas e técnicas que mencionamos acima e muito mais. Quando você contrata um designer, freelancer ou companhia, você está contratando não só o tempo deles, mas o conhecimento. 
 
O problema é que nenhum designer talentoso trabalha de graça. A maior desvantagem de contratar um designer é o custo - designers talentosos cobram centenas ou até mesmo milhares de dólares para criar um logo. 
 
As vezes você consegue achar alternativas mais baratas em sites como o Fiverr, mas esses sites possuem uma reputação ruim de não entregarem o que eles prometem. Existem diversos ex-usuários do Fiverr que se sentem que foram trapaceados . O padrão da indústria para um design de logo é aproximadamente $200, então se alguém lhe cobrar $5, desconfie.
 
Além do mais, mesmo que você tenha o dinheiro sobrando, pode ser difícil de encontrar o designer certo para você. Design gráfico é uma área criativa, existem milhares de estilos diferente para se escolher. Você precisa se certificar que encontrou um designer que entende sua visão e tenha a capacidade de trazê-la à vida, e isso pode levar tempo.


 

Crie o Seu Próprio Logo 

 


 

Se você não tem o dinheiro sobrando no orçamento para um logo, não se desespere. Enquanto antigamente você teria opções limitadas, hoje em dia a tecnologia avançou e praticamente qualquer um pode criar seu próprio logo utilizando ferramentas online de design de logos como a logogenie. 
 
Nessa nossa era digital, softwares de design necessitam menos de habilidades e mais da sua criatividade. Você não precisa ser um expert em sombreamento ou pintura - você nem precisa ter mãos firmes. Com as ferramentas digitais, tudo o que você precisa é ter uma idéia.
 
A Logogenie, e outras ferramentas online, utilizam templates para tornar o processo fácil e rápido, mesmo para iniciantes. Primeiro você seleciona a indústria. 

Nosso algoritmo irá então mostrar as melhores escolhas para a sua indústria, no caso escolas e educação. 

Simplesmente escolha o que você preferir e comece a editar. Você pode customizar cada template da maneira que desejar, personalizando suas escolhas para: 
 
- Imagens principais
- Nome da empresa e slogan
- Fonte e tipografia
- Paleta de cores
- Tamanho de texto e imagens
- Posicionamento de texto e imagens
- Adicionando novos ícones
- Camadas (sobrepondo imagens)

 
Você pode  escolher entre mais de 200 ícones da nossa coleção. Uma olhada rápida mostra que existem diversas imagens intelectuais como as que mencionamos acima, como árvores com folhas de arco-íris, brasões, livros, chapéus de graduação, e mais.
 
 
Utilizando uma ferramenta faça você mesmo como a logogenie, você pode criar um logo profissional em minutos. Quando você terminar você pode comprar as permissões e licença comercial por $24.90, o que garante que você tenha o seu logo para sempre. 
 
Ao mesmo tempo que utilizar templates funciona bem para iniciantes, você obtém melhores resultados se você pesquisar alguns conceitos básicos do design gráfico antes. Continue pesquisando em nosso blog para dicas de design dada por experts no assunto.

Veja os nossos outros artigos