5 maneiras de destacar seu logotipo
- Publicado: 09/08/2018

5 maneiras de destacar seu logotipo

Desenvolvendo um logo? Claro, você deve estar pensando que criar uma representação visual de uma marca é fácil, mas criar um logo chamativo é mais do que apenas fazer um círculo e escrever o nome da companhia. Você vai precisar encapsular o significado da empresa. Se não, independente se você está criando o logo do seu próprio negócio ou para um cliente, você fará à marca um desserviço gigantesco. Aqui vão 5 maneiras de aprimorar o design de seu logo para que ele se destaque no meio de milhões de outros logos:

 

Comece a desenvolver o seu logo agora

 

Faça estas perguntas a si mesmo:

Todos os logos têm uma história por trás? Sim e não, mas é extremamente importante saber aonde o logo se originou e porquê. Esta marca esteve sempre presente no mercado? Ela tem tradição? Você pode utilizar isso em seu design ao desenhar elementos que remetam à origem da marca.

 

A razão para se fazer questionamentos acerca do design do logo é para poder incorporar estratégia ao seu visual. O processo de branding deve ir além do logo, mas, eles estão entrelaçados. Você deverá ter as repostas para algumas das questões vitais do processo de branding ao desenvolver o seu logo, tais como:

 

    •       O que faz com que essa marca seja diferente das outras?

    •       Por que essa marca foi criada? Qual é a missão ou objetivo desta marca?

    •       Como a marca pretende alcançar seus objetivos?

    •       Quais são os valores que esta companhia tem?

    •       Qual é a personalidade desta marca?

    •       Quem é o público alvo?

Construa maravilhas visuais

Existem certas maneiras de fazer com que seu logo seja atraente—e um dos melhores métodos é criar uma interpretação visual do conceito geral da marca. Por exemplo, você pode considerar usar duplo sentido, quando há dois ícones interligados em uma mesma imagem (pense na ilusão da imagem com duas faces e o cálice de vinho). Outra maneira é transformar palavras e símbolos em arte, por exemplo usar o nome da marca para desenvolver um símbolo. Se a palavra é “futebol”, você poderia fazer com que as letras da palavra se parecessem com uma bola de futebol.

 

Entenda a psicologia das cores

A cor é um elemento vital do logo. Ninguém escolhe cores aleatoriamente, e se tem alguém que faz isso, esta pessoa obviamente não está dando muita importância para sua marca. Cores comunicam pensamentos, idéias e crenças. Cores chamam atenção. No entanto, escolher as cores certas pode ser complicado.

Alguns clientes escolherm uma paleta de cores pronta. Outros preferem escalas de preto e branco. Nestes casos, você pode fazer uso do espaço negativo para criar interesse e depois utilizar sombreamento para trazer a imagem à vida.

 

Se você tiver mais liberdade para experimentar, talvez você queira dar uma estudada na psicologia das cores em design gráfico. Apesar de a percepção das cores ser algo muito individual, estudos comprovam que existe um “senso comum” entre as empresas, que perguntam “essa cor combina com o que estamos vendendo?” Por exemplo, vermelho é atrevido, excitante, passional; azul é amigável e calmante; verde é relacionado a dinheiro, riqueza e saúde; roxo é misterioso, místico e rico. Dependendo da mensagem que você quer passar, as cores irão reforçar o seu design.


Dispense os clichês

Assim como vestimentas, existem modismos em branding e design também. Enquanto muitas idéias valem ouro, ver diversos designers repetindo modismos é pedir para se meter em encrenca. Em vez de seguir a mesma tendência, por que não pensar fora da caixa?

 

Aqui vão alguns clichês para você evitar:

    •       Arcos

    •       fonte Helvetica– se você não acredita, pesquisa aí sobre o fisco do logo da Gap. E ainda sobre fontes, evite Comic Sans, Papyrus e estilos similares.

    •       Pontos aleatórios

    •       Letras sobrepostas

    •       Balões de conversa

 

Simplicidade e Simetria

Os melhores logos são aqueles que são simples - porque eles podem evoluir no futuro. Um bom exemplo é o Swoosh da Nike. Logos simples são poderosos e e fáceis de uma variada audiência se identificar. Simples é memorável, fascinante e, muitas vezes, admirável. Pessoas tendem a pensar que algo complexo e chamativo é sempre melhor, porque chama atenção; mas na realidade, os melhores logos são aqueles com traços


Simples e elementos únicos.

Um bom exemplo é a maçã da Macintosh. Uma maçã inteira é comum, mas adicione uma mordida à ela e o significado do logo se intensifica.

 

Outra maneira de manter seu logo simples mas eficiente é pensar em termos de simetria. Utilizando a maçã da Apple como exemplo, se você perceber as curvas e linhas, você pode notar consistência nos círculos e curvaturas. Quer ir mais além? Dê uma conferida no novo logo do Twitter. Você vai se surpreender com todos os círculos usados para manter as linhas em sincronia. Descubra o marketing de afiliados.
 

Considerações Finais

Ninguém quer ter um logo ruim. Pare de pensar no que precisa ser feito e faça algo completamente único e diferente. Apesar dessas dicas serem o que os bons designers de logo usam para construir logos atemporais, depende de você conseguir colocar uma dose de criatividade em seu design. Agora que você leu estas dicas, você provavelmente consegui se inspirar - então vai lá e faz!

 

Comece a desenvolver o seu logo agora

 

Veja os nossos outros artigos