Comece a criar o seu logótipo

Os 10 Melhores Logos de Moda e como criar o seu

Publicado: 19/01/2021

Marcas de moda não apenas criam produtos, elas são o produto. Para vestuário e acessórios sofisticados, o nome da marca - frequentemente representado por um logo famoso - é tão importante quanto o design, os materiais e a confecção. As pessoas não compram bolsas feitas pela Louis Vuitton, elas compram bolsas Louis Vuitton! 


Mais que nas outras indústrias, a moda depende da imagem da marca para atrair consumidores e construir grupos de seguidores específicos. As pessoas utilizam seu estilo de vestimenta para expressar suas identidades, então companhias de moda precisam encontrar compradores com o mesmo senso de estilo delas. Isso significa que para um logo de moda falar com as pessoas certas, ele precisa utilizar as formas, cores e fontes certas para a sua audiência.


Mas e se você não souber nada sobre formas, cores, fontes e todos os outros detalhes específicos de design? Nesse artigo nós vamos explicar o que funciona e o que não funciona em design de logos de moda para iniciantes. Primeiramente nós vamos analisar os 10 melhores logos de moda na esfera profissional, e então nós vamos dar algumas dicas para iniciantes que qualquer pessoa pode utilizar. Use essas dicas em seu próprio logo de moda como um caminho para as passarelas!

 

Os 10 Melhores Logos de Moda

 

Louis Vuitton

Uma das melhores coisas em logos de moda é que, se ele for atraente, você pode utilizá-lo como estampa nos seus produtos. Ninguém conhece essa prática melhor do que a Louis Vuitton. Seu logo é facilmente reconhecível em qualquer uma de suas bolsas. Para fazer isso funcionar, eles precisam de um logo simples; um logo tipográfico (utilizando seu nome inteiro) ficaria muito longo para ser impresso muitas vezes, então eles usam um monograma com suas iniciais, LV. 


A forma com que as letras são combinadas é o que faz com com que o logo seja estiloso. As letras por si só são serifadas (serifas é o que são chamadas as pequenas "marcas", que faz com que as letras se pareçam mais formais). Serifas são uma tendência comum em logos de moda para fazer com que as marcas se pareçam mais sofisticadas.


No entanto, o que realmente faz com que o logo da Louis Vuitton se destaque tanto é a inclinação no L para que fique paralelo com o V. Por fazerem parte de uma indústria criativa, as marcas de moda se beneficiam em serem não convencionais, então alguns ajustes como esse fazem a aparência de seu logo muito mais interessante. 

 

Dior

Diferentemente da Louis Vuitton, a Dior trabalha mais com roupas, sapatos e produtos de beleza do que acessórios. Isso significa que possuir um logo menor e mais compacto não é importante, porque ele não será usado como estampa. Como resultado, eles podem experimentar com logos tipográficos, especialmente por terem apenas quatro letras em seu nome.
A maior característica do logo da Dior é o grande D, desproporcionalmente maior que as outras letras. Isso faz com que os consumidores tenham algo para se focarem e lembrarem — como um “gatilho” para a memória deles. 

No resto da tipografia, a Dior segue à risca as tendências da moda: uma fonte serifada sofisticada e uma cor preta acentuada. Como as fontes formais, a cor preta é associada com sofisticação, com poder e mistério, fazendo com que ela se encaixe perfeitamente na indústria da moda.


Giorgio Armani


Comparada com outras marcas, a Giorgio Armani possui o logo mais “normal”. É o único logo com um animal em nossa lista — mascotes são geralmente utilizados por marcar mais pé-no-chão, mas uma majestosa águia é deveras apropriada para o mundo da moda.


Como nós explicamos em nosso guia de formas, linhas horizontais repetidas representam estabilidade e equilíbrio. Quando combinadas com a imagem de uma águia e a cor preta, uma identidade de marca forte e quase agressiva se forma, o que combina com os consumidores da Armani.


Ainda assim, a utilização do nome completo da marca em uma fonte serifada é o bastante para nós identificarmos o logo como um logo de moda.


 
Miu Miu

A Miu Miu usa uma derivação de outras tendências de logos de moda e faz disse algo original — o que também combina com a criativa indústria da moda. Como os outros logos de moda, eles escolhem utilizar tipografia na cor preta, mas as similaridades terminam aqui.


A Miu Miu utiliza uma fonte não serifada (“sem serifas”), então eles imediatamente passam por mais acessíveis e até mais amigáveis que as outras marcas, que parecem ser mais exclusivas. As curvas são a razão disso - porque os olhos humanos naturalmente seguem linhas, curvas criam uma imagem mais brincalhona que linhas retas e pontas afiadas. 
Além disso, a Miu Miu utiliza um visual de estêncil que lhe dá um estilo completamente único, fácil de distinguir das outras marcas.
 


The North Face


Nem todas as marcas de moda são…. fashion. A The North Face trabalha com jaquetas pesadas e se foca em atletas como esquiadores. Como fabricantes de vestimentas, seu logo segue as mesmas diretrizes das outras marcas de moda - uma vez que ela tem que ficar bonita em seus produtos.


A The North Face possui mais liberdades que as outras marcas de alta-costura e seu logo tira vantagem disso. Eles utilizam uma fonte não serifada para uma imagem de uma marca mais casual acessível — e não sofisticada e exclusiva — para atrair consumidores que não se importam muito com a moda e apenas procuram uma jaqueta quente. 
As curvas também brincam com essa informalidade; como nós explicamos acima, curvas fazem com que a imagem fique mais caprichada. A The North Face também tem a oportunidade de experimentar com mais cores além do preto, uma vez que o preto é contra-intuitivo para marcas mais acessíveis e pé no chão.


Prada

A Prada possui um logo interessante e exemplar para a indústria da moda porque eles sabem quando utilizar as tendências tradicionais e quando quebrar o molde.


Agora você provavelmente consegue reconhecer algumas das características básicas de logos de moda: a cor preta, as fontes serifadas, o uso de tipografia.Mas a indústria da moda se beneficia também de criatividade e de “quebrar regras”. O logo da Prada toma a liberdade de se manter único e novo.Por exemplo, as serifas são na verdade pontas, e as curvas são utilizadas apenas minimamente, dando um visual rígido e um sentimento cubista que faz com que a marca se pareça segura e forte.


É também importante percebermos o detalhe do R. Muitas vezes em logos (de qualquer indústria), marcas incluem uma variação única em uma das letras para manter o logo interessante e ajudar a aumentar o reconhecimento de marca ( como mencionado em nosso guia de logos de tecnologia, como o A da Samsung ou o E da Dell). 

 

Versace


Assim como a Armani, a Versace gosta de selecionar quais tendências de logos de moda ela vai utilizar e quais vai ignorar. Eles utilizam tipografia em preto, mas eles preferem uma fonte simples não serifada em vez de algo mais chique.
Para compensar, no entanto, eles (ocasionalmente) utilizam um logo pitoresco extremamente chique — um dos poucos em marcas de última moda. Ambos o padrão angular e a face escultural relembram a Grécia Antiga, o que definitivamente dá uma sensação da marca ser clássica e atemporal.


Ray Ban


Assim como a North Face, a Ray Ban não sofre com as mesmas restrições das marcas de última moda (apesar de você não conseguir notar ao ver as etiquetas de preço). A Ray Ban trabalha basicamente com óculos de sol, então eles não precisam se preocupar com exclusividade e sofisticação da mesma forma que as marcas de alta-costura.


Isso liberta eles para utilizarem uma fonte escrita à mão, uma tipografia extremamente casual, quase uma assinatura. Isso abre a marca para quase qualquer pessoa — amantes da alta costura podem usar Ray Bans, e pessoas que não entendem nada de moda também.


Ralph Lauren

De todos os mascotes de todas as indústrias, poucos são tão bem-sucedidos quanto o jogador de polo Ralph Lauren. Esse ícone simples, quando costurado em uma camisa, não é apenas reconhecido instantaneamente, mas se tornou um símbolo de status social e identidade — o objetivo de qualquer logo. 


Através de uma promoção de marca magistral ao longo dos anos, a Ralph Lauren elevou seu logo para representar exatamente o estilo casual estiloso que seus consumidores procuram. Qualquer pessoa que compra uma camisa da Ralph Lauren pode compartilhar uma identidade cobiçada, que continuamente perpetua as vendas e adiciona novos clientes. Claro, esse tipo de sucesso necessita de consistência e tempo, sem mencionar um logo distinto.


Além de seu mascote, a Ralph Lauren segue as regras dos outros logos de moda/ Quando o logo usa o seu nome, é escrito em uma fonte formal, geralmente em preto.

 

Chanel


Uma força motriz na indústria da moda moderna, a Chanel se mantém até hoje uma autoridade no design de moda, mas também no marketing e branding. Foi Coco Chanel quem popularizou a exclusividade como uma ferramenta de marketing, aumentando os preços de seus produtos para que nem todos pudessem ter acesso a eles. — fazendo com que todo mundo os quisesse!


Apesar de serem os progenitores da sofisticação na moda moderna, o logo da Chanel tende a evitar tendências elitistas: em vez disso, eles usam uma fonte simples não serifada e muitas curvas. Porém, o preto em negrito colorindo as letras grossas traz nuances do visual de exclusividade, dando à marca o melhor dos dois mundos.


Realmente, o que faz com que o logo da Chanel se destaque é sua imagem maravilhosa, uma mistura de logo gráfico e monograma. O uso das curvas criam um efeito hipnótico que faz com que os olhos do público se prendam no design, ao mesmo tempo que estruturando o nome da marca com os dois Cs (Coco Chanel). Isso não apenas agrada os consumidores e estimula eles a comprar, mas também faz com que a marca seja registrada na mente deles para o futuro.

 

3 Dicas de Experts Para Criar um Logo de Moda


Quer criar um logo de moda para a sua marca? Independente de seu estilo ou da sua audiência, aqui vão 3 dicas que poderão lhe ajudar a customizar o seu logo para que ele combine com a sua marca como uma luva de cetim.
Deixa a Tipografia Trabalhar


Como vimos acima com os 10 melhores logos de mod, a maioria das marcas da indústria da moda utilizam logos tipográficos e monogramas. Enquanto que ocasionalmente logos pictóricos alcancem sucesso (como o da Armani ou da Ralph Lauren), de forma geral é melhor utilizar logos com texto para a moda. Por quê? Utilizar logos pictóricos pode fazer com que os consumidores se distraiam — Logos com a base em texto deixam a nossa atenção se voltar para a vestimenta.
No entanto, utilizar um logo tipográfico ou monogramas dão menos formas de comunicar o seu estilo; você fica limitado apenas a elementos como a fonte e a cor para mostrar que tipo de personalidade sua marca possui. É por isso que é vital que se faça essas decisões valerem.


A tipografia que você escolher— a fonte, o tamanho das letras, e qualquer decisão de estilo (como quando a Louis Vuitton inclina seu L) — pode comunicar a personalidade de sua marca aos consumidores e ajudar a atrair com compradores alvo. Faça suas decisões de texto com cuidado, mantendo sua audiência alvo em mente o tempo todo. 
Uma das primeiras decisões de tipografia que você terá que fazer é se sua fonte terá serifas ou não. Essa é uma escolha bem básica, mas determina a estratégia de seu branding. This is a pretty basic choice, but determines the overarching strategy of your branding. Escolha serifas se você quiser que sua marca seja vista como exclusiva e sofisticada, e escolha fontes não serifadas se você quiser que sua marca seja mais acessível e casual. 

 

Utilize Apenas Uma Cor


Apesar de que em outras indústrias esquemas de cores são utilizados, com duas ou três cores (ou mais), no mundo da moda a identidade de marca necessita ser monocromática, com apenas uma cor. A razão por trás disso é a mesma do porque logos de moda fogem de logos pictóricos  — o logo não deve causar distração do produto. E porque a cor é tão importante para a vestimenta, utilizar um logo multi-colorido causaria muita distração e as vezes não combinaria com o produto.


Por essa razão, logos de moda tendem a ser em apneas uma cor… e essa cor tende a ser o preto. Isso não é acidente, o preto geralmente combina com tudo, fazendo com que essa cor seja emblemática em toda a indústria. - daí a expressão “… é o novo preto."


Você fica livre para escolher qualquer cor que combine com a sua marca. Se toda a sua coleção de roupas for preta, você talvez prefira utilizar o branco ou cinza em seu logo para ajudar a torná-lo mais visível. Outra alternativa é escolher uma cor específica que represente sua marca e mantê-la; por exemplo, a H&M e a Uniqlo favorecem o vermelho em suas marcas. Curiosamente, o vermelho é a segunda cor mais utilizada para chamar atenção. 

 

Curvas São Atraentes


Além da escolha entre utilizar ou não fontes serifadas, você também pode escolher o nível das curvas e linhas retas em seu logo tipográfico.


A idéia é essa: linhas retas e ângulos afiados demostram estabilidade, força e seriedade, enquanto curvas denotam inclusão alegria e simpatia. Dependendo de sua identidade de marca, você vai optar pelo equilíbrio ideal entre a seriedade e a diversão. 


Se você possui uma marca exclusiva de alta costura, você vai querer usar curvas mínimas — veja como a Prada achata as curvas no P, R, e D para deixar as letras mais em bloco. Porém se você estiver querendo uma marca mais acessível para todos, você vai preferir usar mais curvas, como a The North Face. 


Of course, most brands will want something in between, specifically customized for their own particular personality. That’s why we encourage you to be creative — put in only as much or as little curves as you want to fine-tune your logo for your own needs. 

 

Como Fazer Um Logo de Moda 


Agora que você já tem uma idéia do que incluir em um logo de moda eficiente, a pergunta é, como criar um? Essencialmente você tem duas opções: contratar alguém para fazê-lo para você ou criá-lo você mesmo. As duas opções possuem vantagens e desvantagens, então vamos examiná-las individualmente.

 

Contratando um  Designer

 

Designers profissionais conhecem todas as dicas e técnicas que mencionamos acima e muito mais. Quando você contrata um designer, freelancer ou companhia, você está contratando não só o tempo deles, mas o conhecimento. 
 
O problema é que nenhum designer talentoso trabalha de graça. A maior desvantagem de contratar um designer é o custo - designers talentosos cobram centenas ou até mesmo milhares de dólares para criar um logo. 
 
As vezes você consegue achar alternativas mais baratas em sites como o Fiverr, mas esses sites possuem uma reputação ruim de não entregarem o que eles prometem. Existem diversos ex-usuários do Fiverr que se sentem que foram trapaceados . O padrão da indústria para um design de logo é aproximadamente $200, então se alguém lhe cobrar $5, desconfie.
 
Além do mais, mesmo que você tenha o dinheiro sobrando, pode ser difícil de encontrar o designer certo para você. Design gráfico é uma área criativa, existem milhares de estilos diferente para se escolher. Você precisa se certificar que encontrou um designer que entende sua visão e tenha a capacidade de trazê-la à vida, e isso pode levar tempo.

 

Crie seu Logo Você Mesmo

 

Se você não possui dinheiro sobrando em seu orçamento para um logo, não se desespere. Enquanto antigamente você teria opções limitadas, hoje em dia a tecnologia avançou e todos podem ter acesso a ferramentas de criação de logos como a Logogenie.


 
Em nossa era digital, softwares de design são menos sobre conhecimentos técnicos e mais sobre suas idéias criativas. Você não precisa ser o mestre das pinceladas ou do sombreamento a lápis - você não precisa nem possuir mãos firmes. Com ferramentas de logos, tudo que você precisa é ter uma idéia.
 
A Logogenie, e outras ferramentas de design, utilizam templates para fazer o processo ser fácil e rápido, até para principiantes. Primeiro, selecione a indústria no menu.
 
 
Nós categorizamos nossos templates pelas necessidades e demandas das indústrias principais, então encontrar a sua é o primeiro passo. Nosso algoritmo irá então gerar opções para você escolher.
 
 
Apenas selecione um e comece a editar. Você poderá customizar cada template da maneira que quiser, personalizando suas escolhas para:

 

- Imagens Principais
- Nome da empresa e slogan
- Fonte e tipografia
- Esquema de cores
- Tamanhos de texto e imagens
- Colocação de texto e imagens
- Adicionando novos ícones
- Sobreposição (colocando algumas imagens em fronte de outras)


 
Você pode escolher entre mais de 200 ícones em nossa biblioteca interna. Uma rápida olhada mostra que há diversas opções como mencionamos acima, incluindo folhas em arco-íris, brasões e escudos, livros, chapéus de formatura, e mais.
 
 
Ao utilizar uma ferramenta faça você mesmo como a Logogenie, você pode criar um logo de nível profissional em apenas alguns minutos. Ao finalizar, você pode comprar todas as permissões e licenças comerciais por $24.90, o que lhe garante o seu logo para sempre.
 
Enquanto os templates funcionam bem para marinheiros de primeira viagem, você obterá melhores resultados se você tiver algum conhecimento de design gráfico de antemão. Continue lendo o nosso blog para dicas de design, diretamente de designers experts.

 

Veja os nossos outros artigos